domingo, 13 de novembro de 2011

Rosquinhas com erva-doce

É sem constrangimento que confesso: sou louca por massas! Pães, pizzas, bolos, biscoitos são minha perdição. E para completar minha desgraça, os pãezinhos doces são os meus queridinhos. Como resistir a toda aquela fofura coberta de creme ou polvilhada de açúcar? Não dá! Por isso, nem luto contra; entrego-me de uma vez e curto cada pedacinho.
É por isso que, de tempos em tempos, corro pra internet para procurar receitas dessas delícias. Depois de encontrar um monte de sugestões, mexi nas receitas, acrescentei algumas coisas, tirei outras e cheguei à esta rosquinha com erva-doce que ficou maravilhosa (pelo menos na minha opinião).  

Rosquinha com erva-doce
Massa
1 xícara de leite morno
1/3 xícara de açúcar
1/3 xícara de margarina
1 colher de chá de sal
2 ovos
1 pacotinho fermento biológico seco
5 xícaras de farinha de trigo (aproximadamente)

Creme
250 ml de leite
4 colheres de farinha de trigo
1 gema
1 colher de chá de sementes de erva-doce
1 xícara de açúcar

Modo de preparo:
Comece fazendo o creme para que ele esteja frio quando for montar as roscas. Dissolva a farinha no leite ainda frio. Acrescente os outros ingredientes e leve ao fogo brando, mexendo sempre até engrossar. O ponto do creme é como o de um mingau espesso. Reserve-o para que esfrie.
Para a massa, comece hidratando o fermento em 1/2 xícara de leite morno. Em uma tigela, coloque o restante do leite morno e a margarina, mexendo para que a última se desmanche. Acrescente os ovos, o açúcar, o sal, e a mistura de fermento+leite. Misture tudo e vá acrescentando a farinha aos poucos, mexendo, a princípio, com uma colher de pau e depois com as mãos. Acrescente farinha e sove até obter uma massa elástica, que não se prende às mãos.
Montagem
Abra a massa sobre uma superfície enfarinhada usando um rolo de macarrão. Espalhe o creme sobre ela e enrole-a como um rocambole. Corte a massa em caracóis com cerca de 2 cm de largura. 
Posicione-as em uma forma untada e enfarinhada e deixe crescer por, mais ou menos, meia hora. Asse em forno a 200°C por 35 minutos aproximadamente.

Devo dizer que o creme e a massa são muito fáceis de fazer, mas a montagem é trabalhosa. Depois de certa dificuldade para enrolar a massa, me desesperei na hora de cortá-la. Começou a vazar o creme, as roscas pareceram desformes e eu achei que tudo estava perdido. Mas... surpresa! Quando elas começaram a crescer, foram se ajeitando e, depois de assadas, ficaram lindas e DELICIOSAS. 
Então, caso se atrapalhe um pouco, não entre em pânico, o resultado vale a pena. Aposto que é questão de jeito; na próxima vez, devo sofrer menos.

A receita original eu peguei aqui, mas, como eu já disse, mudei umas coisinhas aqui e ali.

Beijos!!!



Nenhum comentário:

Postar um comentário